Mestrado em Educação

Se você atua na área da educação e tem interesse em adquirir mais conhecimento, melhorar sua posição no mercado de trabalho ou obter mais qualificação profissional, uma alternativa de pós-graduação é o caminho a percorrer e está em grande demanda por aqueles que desejam se desenvolver ainda mais nesta área. Além do Mestrado em Educação.

O mestrado é uma pós-graduação no sentido mais estrito, ou seja, um curso de estudo específico do assunto. Ele se concentra em uma linha específica, dependendo do interesse do aluno.

Em outras palavras, enquanto os cursos de especialização treinam tecnicamente o aluno para atuar melhor na prática, o mestrado busca desenvolver no aluno a capacidade de examinar e resolver problemas com base em métodos estudados.

Por isso o mestrado é uma ótima recomendação para profissionais que já atuam na área e desejam aprimorar e ampliar seus conhecimentos.

Com a mudança no cenário educacional brasileiro, com um grande número de pessoas tendo acesso a um curso de graduação, as empresas exigem cada vez mais capacidade e aperfeiçoamento de seus funcionários. São muitas instituições de ensino espalhadas pelo país, facilitando o ingresso das pessoas na vida acadêmica e, por isso, os profissionais que desejam conseguir promoção profissional e uma base melhor para trabalhar estão indo em busca do mestrado.

Como ingressar no Mestrado em Educação?

Se você deseja se candidatar a uma vaga num curso de pós-graduação no estilo mestrado em uma das áreas de educação, o preparo prévio para esse tipo de empreitada é fundamental. O mestrado em educação é voltado para quem atua na área da educação como docente ou administrador dentro das áreas de ensino, e o curso vai promover o desenvolvendo pesquisas em diversas áreas do saber, contribuir para vida acadêmica e para a sociedade de um modo geral. Com o mestrado também é mais fácil entrar na vida acadêmica de universidades e faculdades, já que a grande parte das instituições só aceita profissionais com título de mestrado ou doutorado.

mestradoemeducacao32

Em qualquer estado do Brasil o mestrado em educação pode ser encontrado em instituições públicas e privadas de ensino. Contudo é sempre bom procurar os cursos que estejam sendo oferecidos em universidades conceituadas, públicas e privadas, seja com aulas presenciais ou ensino à distância. O objetivo primário do mestrado é formar pesquisadores capazes de analisar e trabalhar com o sistema educacional de acordo com as particularidades de cada região, produzindo conhecimentos na área da educação para contribuir com os sistemas de ensino do Brasil.

Antes de ir para um mestrado, de fato, veja se essa é a melhor opção para galgar posições na área em que você atua ou pretende atuar no futuro. Se essa avaliação identificar que sim, esse é um curso que tem a ver com você, procure saber se o curso de mestrado que você faz ou pretende fazer é reconhecido pelo MEC, através da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Para isso basta acessar o site do MEC e, através do preenchimento de alguns dados, são mostradas as instituições reconhecidas. O mestrado em educação representa muito mais que um curso de capacitação: ele mostra também a predisposição dos candidatos em ajudar seu país em uma das áreas de maior carência de profissionais qualificados.

Caso não possa fazer um mestrado presencial escrevemos um artigo sobre mestrado em Educação a Distância que também é uma boa opção caso na sua cidade não tenha um mestrado presencial.

Onde fazer Mestrado em Educação

Você pode fazer Mestrado em Educação em diversas regiões do Brasil. No entanto, mais do que avaliar o lugar onde você irá fazer seu mestrado na área, é importante levar em consideração o programa, as linhas de pesquisas de cada um, seu corpo docente, a produção acadêmica,  sua infraestrutura e a avaliação pelo Capes.

A maioria dos programas abre seleção no segundo semestre de cada ano, composta por etapas que vão desde análise de currículo lattes, análise de anteprojeto, prova escrita específica e de língua estrangeira e entrevista. Escolha já onde você vai fazer seu Mestrado em Educação e prepare-se! Veja abaixo a lista com alguns dos principais programas de Pós-Graduação em Educação em instituições públicas e privadas do Brasil.

UFPB
UFBA
Metodista
Estácio
UniCid
UniUbe
PUC Campinas
Uninter
UniSal
UniMep
UniSinos
UFSC
UFF
UniOeste
UniSC
UniVali
USF

Quem pode fazer Mestrado em Educação?

O Mestrado em Educação é indicado para qualquer pessoa com diploma de graduação em diversas áreas do conhecimento.  Exceto os programas de Mestrado Profissional em Educação que costumam ter como público-alvo profissionais da educação, pois busca qualificá-los, contribuindo para uma ampliação da noção de educação local e regional.

Enquanto isso, outros cursos de Mestrado em Educação buscam a compreensão da mesma na contemporaneidade, como processo de formação da sociedade. Por isso, articula o desenvolvimento de teorias interdisciplinares de modo a salientar o programa para além dos estudos de âmbito escolar.

E nesse caso, se você não tem interesse em ingressar ou permanecer na academia, precisa conhecer o Mestrado Profissional em Educação! Aprovado pelo MEC em 2009, o curso aborda técnicas e processos e assuntos que o mercado está procurando.

Para concluir o mestrado e receber o título de mestre em educação, o aluno deve concluir um número mínimo de créditos obrigatórios e eletivos, além de desenvolver uma tese de doutorado.

Falando sobre os tipos de Mestrado em educação, o mestrado acadêmico tem foco nas práticas escolares e pedagógicas na educação básica, o principal objetivo do mestrado profissional é agregar um nível de competitividade e produtividade ao mercado.

Outra particularidade do mestrado em educação a tempo parcial é a obrigatoriedade de acompanhamento e avaliação segundo critérios diferenciados, definidos pelas áreas de avaliação da carreira.

É importante deixar claro que de maneira geral, todos os alunos graduados em ensinos superiores em qualquer área de conhecimento podem cursar o mestrado em Educação.

Isso depende inteiramente do seu interesse na área de estudo que você está estudando e/ou como você gostaria de melhorar sua vida profissional. O processo de seleção do aluno varia de acordo com a universidade e o aluno. Entre em contato com a instituição em questão para obter mais detalhes sobre o programa.

Com as mudanças dos últimos anos, os profissionais da educação são necessários e mais valorizados, e algumas faculdades e universidades estão oferecendo uma linha do tempo para desenvolver uma nova visão de educação, com os professores buscando cada vez mais o melhor.

Quanto custa?

Os cursos de Mestrados, incluindo o Mestrado em Educação, tendem a ter valores diferentes quando cursados ​​em universidades privadas com mensalidades custando até R $2.300.

Sendo assim, Fazer um mestrado acadêmico ajuda você a consolidar conhecimento adquirido durante a graduação e também a se especializar num tema para avançar em uma área.

Além disso, outra vantagem de fazer um mestrado acadêmico em educação pode ser uma forma de aprimorar sua experiência e credibilidade numa área de conhecimento específica para atender determinado campo.

Areas do Mestrado em Educação:

Confira algumas das áreas em que você pode se especializar no seu mestrado em educação

Ensino, Currículo e Processos Culturais: Esta linha de pesquisa trata de questões sobre as dimensões ético-estéticas-políticas das diversas redes educativas, os processos de subjetivação, a afirmação da diferença e os complexos desafios, efeitos e movimentos de criar e perdurar . aos processos de desigualdade vivenciados na sociedade atual.
História, política e gestão educacional na Amazônia Nesse sentido, a história, a política e a gestão educacional são tratadas em relação à realidade da Amazônia, ensino e gestão.
Educação especial e processos inclusivos Esta linha de pesquisa aborda os seguintes temas:
educação, escola e desigualdade e processos de inclusão/exclusão,
educação especial no ensino fundamental e superior, política de educação bilíngue para surdos;
Processos de ensino e aprendizagem na área da educação especial; práticas pedagógicas e currículos numa perspectiva inclusiva;
Formação de professores, tradutores/intérpretes de Libras e gestores de educação especial.
Educação e Linguagem:Esta área de investigação desenvolve temas relacionados com os processos de ensino-aprendizagem de português, línguas estrangeiras e matemática, literacia, comunicação e formação de profissionais que lidam com a língua na educação.

A conclusão de um Doutorado ou Mestrado em Educação abre muitas portas, inclusive para uma carreira acadêmica, alguns exemplos de oportunidades na carreira acadêmica são:
dedicar-se à pesquisa;
lecionar no ensino superior;
falar em conferências, universidades, eventos e afins;
Editoras de livros etc.
Mas além de abrir as portas para a carreira acadêmica, há também a oportunidade de se candidatar a concursos públicos com maior remuneração e vantagens no processo seletivo.

Para se tornar referência neste campo, há muitas oportunidades tanto no setor público quanto no privado como por exemplo convites para ministrar cursos e falar sobre a área de pesquisa para mestrado ou doutorado são comuns.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.