Medicina em Portugal: oportunidade

Após a implementação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), os estudantes começaram a ter novas perspectivas de ingressar no ensino superior das universidades brasileiras sem passar pelo temido vestibular em universidades diferentes. Mas não é só essa oportunidade que tem permitido o crescimento do número de formados no nível superior no país. Muitos brasileiros estão de olho em cursos de grande reputação no exterior para obter o sonhado diploma de graduação.

Entre 2013 e 2014, mais de 5 mil brasileiros se inscreveram em cursos de graduação nos Estados Unidos, segundo o Instituto de Educação Profissional. Isso corresponde a um aumento de 9% em comparação ao período anterior. Esse número aumentou muito, especialmente após o Programa Ciências Sem Fronteiras, do Governo Federal, que concede bolsas a estudantes brasileiros para realização de graduação e pós-graduação no exterior.

medicinaportugal-9

 

Um dos cursos mais buscados por brasileiros em outros países é o de Medicina. Aos aspirantes de Medicina em países estrangeiros, estão em jogo: as matrizes curriculares diversificadas nesses países, a experiência pessoal, excelência dos cursos, preços baixos, formação de networking e participação em pesquisas científicas de alta repercussão mundo a fora. E se antes os brasileiros estavam voltados para cursos de Medicina em países da América Latina, hoje, a Europa é uma grande concorrente. Principalmente, Portugal.

+Leia Conquiste sua vaga de Medicina pelo Prouni

Fazer Medicina em Portugal pode ser a melhor oportunidade pela facilidade da língua e por ser um canal de acesso a outros países da Europa, em tempos de folga do curso.

Como ingressar em cursos de Medicina em Portugal

As universidades portuguesas são donas de excelentes cursos de ensino superior. Alguns deles chegam a ter qualidade superior aos cursos brasileiros. Mas concorrer a uma vaga de Medicina em Portugal não é um bicho de sete cabeças.

Há um sistema de acesso ao ensino superior em Portugal que se parece, em parte, com o Enem no Brasil. São realizados exames nacionais, em que a média das notas pode dar acesso ao curso e à instituição pretendida. Para outras instituições portuguesas de ensino, é mais importante o desempenho contínuo do estudante. Ou seja, é de extrema importância ter um excelente histórico escolar.

medicinaportugal1

Isso mesmo: você não precisa fazer vestibular para entrar em um curso de Medicina em Portugal. Caso possua um bom histórico escolar, o candidato pode se sentir seguro para se inscrever para uma vaga e aguardar a chamada, em que será definido se ele realmente é apto a fazer parte do departamento. Atividades extraclasses, voluntariados etc são vistos com bons olhos por eles. Em 2014, a Universidade de Coimbra ofereceu cerca de 350 vagas para o curso de Medicina a estudantes brasileiros que fizeram Enem e fizeram, no mínimo, 600 pontos.

O ano letivo europeu é iniciado, geralmente, no mês de setembro. A divulgação dos cursos começa lá para o mês de maio, e as inscrições costumam ir de junho a agosto. Portanto, se você está planejando cursar Medicina em Portugal, comece verificando os sites das universidades onde os cronogramas estarão disponíveis.

Uma informação muito importante para a qual você deve ter toda a atenção é a seguinte: as universidades públicas portuguesas não são gratuitas como as brasileiras. Dependendo da instituição, pode-se pagar mensalidades ou anuidades (chamadas de propinas).

Validação do diploma

Para exercer a profissão de Medicina no Brasil com um diploma de Portugal, é necessário passar por uma prova de validação. Algumas universidades que realização a validação de diploma são: Unicamp, USP, UFF, Uerj, UFMG e UFMT. Saiba mais sobre a Revalidação de diploma estrangeiro.

Melhores faculdades de medicina de Portugal

O índice abaixo é com base em informações da edição 2015 do U-Multirank, financiado pela União Europeia, e que avaliou instituições de ensino superior de 83 países. Veja!

  • Universidade do Algarve
  • Universidade da Beira Interior
  • Universidade de Coimbra
  • Universidade de Lisboa
  • Universidade de Minho
  • Universidade Nova Lisboa
  • Universidade do Porto

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *