Intercâmbio Estudantil

Muitas pessoas, como forma de melhorar o currículo e conquistar melhores oportunidades no mercado de trabalho, param temporariamente sua vida no país para fazer intercâmbio em outros países. O objetivo de um intercâmbio estudantil é o aprimoramento do conhecimento na cultura e idioma de outros povos. Esta troca de conhecimentos começou a ser feita por volta da década de 20 do século passado, se intensificando após a Segunda Guerra Mundial. O Reino Unido se destaca neste trabalho, que acontece há mais de 80 anos, mas atualmente um dos lugares mais procurados pelos brasileiros é o Canadá.

intercambio

Quais são os tipos de intercâmbio Estudantil?

Existem vários tipos de intercâmbio, desde os voltados para profissionais que precisam aperfeiçoar o idioma com vocabulários técnicos, como os das áreas de finanças, marketing e transações comerciais, até os voltados para os estudantes. Neste caso, ele pode ser feito em uma universidade para quem procura uma pós-graduação stricto sensu (mestrado ou doutorado) com diversos programas, podendo ser particular ou através de bolsas de estudo. Existem também os cursos colegiais, para adolescentes que estejam na idade de fazer o ensino médio no Brasil, mas optam por fazê-lo no exterior, e existem também os cursos de idiomas com variação de uma semana a um ano.

intercambioestudantil-fb

Cada modalidade de intercâmbio tem uma forma de hospedagem. Por exemplo: nos cursos de idiomas, onde o estudante fica um tempo maior, é possível que ele fique com uma família local. Existem também repúblicas estudantis, e se o estudante tiver a possibilidade de bancar um aluguel no país, ele pode optar por isso.

Quem tem o interesse de fazer um intercâmbio deve planejar tudo com bastante antecedência para evitar transtornos. É necessário pesquisar informações na internet e com pessoas que já tenham feito esse tipo de viagem, principalmente com quem teve intermédio de uma agência para realizar esse sonho. Preparar-se financeiramente é obrigatório, já que uma viagem internacional, onde você ficará um bom tempo fora do país, custa caro, por melhores que sejam as tarifas.

Para evitar problemas siga corretamente as orientações que receber como, por exemplo, apresentar a documentação exigida para o intercâmbio (visto, comprovante de matrícula, etc.). Pesquise tudo sobre os costumes e cultura do país onde você escolheu fazer seus estudos e respeite as leis do país. Faça um bom seguro de vida e de saúde. Antes de fechar o negócio certifique-se que a escola desejada tenha boas referências e um bom nível de aprendizagem. E importante também procurar uma agência de intercâmbio que seja confiável. Fizemos uma lista com as melhores empresas de intercâmbio, assim você pode sem medo encontrar uma empresa confiável para realizar seu sonho de estudar fora do Brasil.

+Leia: Qual o peso de um intercâmbio no currículo

Para que sua experiência no exterior seja positiva e você aproveite ao máximo o intercâmbio esteja aberto a novas sensações. Aprenda tudo que puder sobre a cidade onde estiver e respeite a cultura e costumes do lugar. Na pesquisa prévia feita antes da viagem verifique qual é o tipo de clima que você vai encontrar e leve roupas adequadas; na Europa, por exemplo, o inverno é bem severo. A mesma dica serve para a alimentação: procure um país em que você não tenha dificuldades de adaptação. Procure fazer amizades com pessoas da cidade, isso ajudará no aprendizado do idioma e diminuirá o peso de estar longe de casa.

Passo a Passo para o Intercâmbio:

infografico-intercambio

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *