Leitura dinâmica funciona?

Como absorver todo o conteúdo deste post de modo rápido, quem sabe em 30 segundos, sem perder nenhuma vírgula, entendendo todos os trocadilhos possíveis e inimagináveis?

Só com leitura dinâmica!

Digamos que com tanta informação sendo gerada e consumida por segundo, muitas pessoas têm se tornado adeptas de um certo tipo de leitura dinâmica; aquela em que se elege apenas o título ou o primeiro parágrafo para degustação de leitura, e ali já se tira a ideia do restante do texto.

leituradinamicaMas o que essas pessoas não sabem é que isso não é leitura dinâmica. Possivelmente, pode-se chamar de preguiça e só, e geralmente formam analfabetos funcionais. Para que você, que está lendo este texto até aqui e se comprometeu a continuar a leitura até o último ponto final, expliquemos: a dinâmica de produção e de consumo textual ainda não modificou a estrutura de um bom texto, portanto, ele continua tendo começo, meio e fim. Uma ideia que é introduzida em seu primeiro parágrafo pode ser desenvolvida ou contestada ao longo do texto, arremetendo a uma conclusão diferente lá no seu início. A função do título também é resumir a ideia do texto, mas ele não a desenvolve. Alguns escritores, a propósito, costumam pregar algumas peças usando a metáfora em seus títulos, eximindo ele da função resumitiva.

Uma vez que estamos entendidos sobre a importância da estrutura de um texto, precisa-se entender que leitura dinâmica não é a eleição de uma parte do texto para compreensão do todo, e nem mesmo pode ser apenas caracterizada pela velocidade. A leitura dinâmica nada mais é que um método de reconhecimento de ideias (campo visual do texto) com compreensão muito apurada. Desenvolvida pela professora americana Evelyn Wood, a estratégia de leitura dinâmica não se limita à leitura silábica, mas à leitura de ideias. A melhor metáfora para entender o que de fato é leitura dinâmica é compará-la a uma câmera: leitura dinâmica tira fotos, mas em vez de fotografar sílabas, ela faz o cérebro fotografar blocos de palavras.

Mas leitura dinâmica funciona?

Especialistas costumam chamar atenção para o seguinte: leitura dinâmica trabalha com a memorização, que é diferente do ato de decorar. Quando o leitor decora, ele repete igual e se sente perdido ao ser posto em situação diferente. Memorizar, entretanto, exige compreensão. É memorizado aquilo que é aprendido, e assim funciona a leitura dinâmica.

leituradinamica2Mesmo que não se trate somente de rapidez, leitura dinâmica necessita de treino para aperfeiçoamento. Partindo do pressuposto de que leitura dinâmica é compreender um texto, quem consegue alcançar essa estratégia com maestria obtém bons resultados em estudos.

Hoje, já existem muitos cursos (grátis na internet, inclusive) que prometem capacitação em leitura dinâmica. Mas algumas dicas iniciais a gente dá para você agora mesmo!

1 – escolha um ambiente sem ruídos para leitura. Se for no quarto, faça o exercício de leitura sentado em uma mesa em postura ereta. Ler na cama pode acabar fazendo o seu corpo relaxar demais e levá-lo ao sono.

2 – não pronuncie sons de sílabas ao ler. A fala é mais devagar que a visão, e o som pode atrapalhar a concentração do todo.

3 – leia grupos de palavras. Não é sobre velocidade, é sobre absorver blocos de informação.

4 – troque de leitura. Mude de texto para que você evite decorar uns e não memorizar ideias de outros.

5 – exercite sem compromisso. Teste essas dicas e aprofunde as técnicas com textos variados. Quando você estiver confiante na sua leitura dinâmica, passe para o material de estudos.

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *