Faça Medicina na Universidade do Porto

Segundo dados da Direção-Geral do Ensino Superior, do Ministério da Educação e da Ciência de Portugal, a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto teve a média mais elevada de ingresso em 2014. Sua produção científica e seu corpo docente também já a referenciou como um dos cursos do ensino superior português mais exigentes. Esses indicadores revelam a qualidade de ensino médico desenvolvido no curso da instituição que também ocupa outros rankings muito interessantes, como o de faculdades mais exigentes do país.

FMUP é definitivamente uma das mais conceituadas e tradicionais de Portugal. Ela foi criada em 1825, como Reais Escolas de Cirurgia do Porto. Em 1911, com a criação da Universidade do Porto, ela foi integrada à instituição se tornando a famosa Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Profissionais de renome na área passaram por lá ao longo de todos esses anos de história. Abel Salazar, Camilo Castelo Branco, Daniel Serrão, Júlio Dinis, Maximiano Lemos, Nuno Grande, Oliveira Monteiro, Ricardo Jorge, Walter Friedrich Alfred Oswald, certamente, são nomes familiares aos aspirantes da Medicina e são orgulho também para a FMUP.

universidademedicinaporto

A Faculdade de Medicina do Porto conta com uma estrutura moderna que contempla laboratórios com tecnologias de ponta. Adicional ao prédio do curso de Medicina, há o hospital escola Santo Antonio, considerada um dos melhores de Portugal. Mais de 50% do corpo docente é composto por doutores.

Um dos pontos defendidos pela atual direção da FMUP, comandada pela primeira vez por uma mulher, é a transformação de uma “escola de aprendizagem” que resulte na “prática de medicina tecnologicamente avançada e humanizada”. A ideia é incluir humanização e medicina social no caráter da instituição.

O estudo de medicina na FMUP respeita as alterações de ensino superior decididas na União Europeia (processo de Bolonha). Essas alterações resultaram em um ciclo de estudos em três graus: Licenciatura (3 anos), Mestrados (2 anos) e Doutoramento (3 a 4 anos). Na FMUP é ofertado o Mestrado Integrado, em que o estudante passa cinco anos de estudos entre licenciatura e mestrado.

Como fazer medicina na Universidade do Porto?

Já comentamos aqui no Mundo Graduado, mas você sabia que as universidades portuguesas não possuem vestibular? Mas acalme-se! Isso não significa que o sistema de entrada nos cursos seja relapso. Afinal, como universidades de grande renome na Europa, as portuguesas primam muito pela formação acadêmica e profissional.

medicinaportoA própria Faculdade de Medicina do Porto realiza uma seleção rigorosa que leva em consideração a avaliação do histórico escolar do candidato. Ou seja, de cara, já se entende que o histórico escolar não pode ser tão básico. Dessa forma, especialistas recomendam que o candidato ao curso de medicina da FMUP possua um histórico escolar recheado de cursos, voluntariados, atividades extras que pesem na hora da análise do departamento de medicina da Universidade do Porto.

Sabe-se que, mesmo Portugal sendo um país pequeno, a concorrência para a FMUP é considerada alta. A candidatura de estudante internacional possui processo diferente do ingresso de portugueses ou membros da União Europeia. Assim, O ingresso de estudantes estrangeiros se dá por meio de concurso especial de acesso, podendo candidatar-se pessoas titulares de um diploma que faculte o acesso ao ensino superior no país em que foi obtido, ou que hajam concluído o ensino secundário português ou um ciclo de estudos a ele equivalente. A taxa escolar, chamada propina, também possui valor variado daquele imposto ao estudante local, mas pode chegar até 3.375,00 € anual. Para saber mais sobre o ingresso de estudante internacional nas universidades portuguesas, acesse este regulamento.

Saiba mais sobre a Universidade de Medicina do Porto:

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *