É necessário curso de medicina para ser Anestesista?

Geralmente, há uma confusão entre o uso dos termos anestesista ou anestesiologista. Alguns defendem que anestesista é o profissional com formação técnica em enfermagem, enquanto o anestesiologista é o pós-graduado em medicina. No entanto, a Sociedade Brasileira de Anestesiologista reconhece os dois termos para a mesma função, sendo que só um médico especializado pode exercê-la.

anestesia

Como se tornar um anestesista?

Então, sim: é necessário ter curso de medicina para ser anestesista (ou anestesiologista). Após graduar-se em medicina, o candidato à profissão de anestesista precisa realizar três anos de especialização em anestesiologia e, assim, se registrar no Conselho Federal de Medicina (CFM).

Anestesista é uma das especialidades médicas mais procuradas no país e tem uma formação multidisciplinar, pois todo procedimento cirúrgico só pode ser realizado com a presença e monitoramento de um especialista em anestesia.

O que faz um Anestesista?

A função do anestesista precede e continua durante e após intervenção em um paciente. Ele é responsável pela plena condução de procedimentos no indivíduo, mantendo estável seus batimentos cardíacos, sua pressão arterial, sua respiração e o funcionamento dos demais órgãos vitais durante a cirurgia. Ou seja, não é só a dor que o anestesista evita em um paciente.

Por isso, ele é apresentado ao paciente bem antes da intervenção cirúrgica, quando é exigida uma série de exames que irão revelar o devido funcionamento do organismo e, a partir disso, o anestesista irá prescrever quais medicamentos (anestesias) poderão ser administrados no paciente.

Nessa fase, o anestesista é submetido a todo tipo de dúvida do paciente, tais como efeitos colaterais da anestesia, como ela será aplicada, o que pode e o que não pode acontecer sob o efeito da anestesia. O anestesista também receita os medicamentos pós cirurgia para controlar a dor inerente à intervenção.

curso anestesia

Mercado de trabalho para Anestesista

Por ser exigido em qualquer cirurgia, de qualquer especialidade médica, o anestesista tem um imenso campo de atuação. Em clínicas, hospitais, postos, centros de emergência e urgência, você irá encontrar o anestesista.

As oportunidades de trabalho para anestesistas são maiores ainda no serviço público, responsável por empregar em torno de 60% dos médicos do país. A área da cirurgia plástica também é uma das que mais empregam anestesistas, haja vista ser campeã de procedimentos cirúrgicos no país.

A média salarial de um anestesista, segundo importantes sites de emprego do país, é em torno de R$ 6 mil para nível júnior, pouco mais de R$ 7mil para pleno e R$ 11 mil para anestesista master. Recém concursados chegam a receber R$ 13 mil mensais pelo governo federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.