Doutorado na Argentina

Os cursos de doutorado oferecidos pela Universidade de Buenos Aires se tornaram uma boa opção para os estudantes brasileiros que buscam cada vez mais a instituição para fazer o curso.

doutoradoargentina1

Doutorado na Argentina

Uma das áreas mais procuradas pelos brasileiros para o doutorado na Argentina é o Direito. O aluno pode escolher o período em que deseja fazer os módulos, sendo que os cursos acontecem nos meses de janeiro, abril, julho e setembro. As aulas são ministradas por duas semanas seguidas, nos horários de 8h às 18h, com duas horas de almoço, de segunda-feira a sexta-feira. Somente no quarto módulo as aulas são de segunda-feira a sábado, de 8h às 19h, com uma hora de almoço. O tempo dado pela UBA para a produção da tese é de dois anos, e a defesa da mesma deve ser feita frente a uma banca escolhida pela universidade. O trabalho final deve ser escrito em dois idiomas: uma versão em espanhol e outra em português.

doutoradoargentina3Os candidatos podem tentar o financiamento do curso através de instituições que doam bolsas. A tarefa não é fácil, porém possível. Para consegui-la é necessário ter um bom currículo, e ter cursos de especialização pode ajudar na hora da seleção dos bolsistas.

Como fazer doutorado na Argentina

O número de brasileiros buscando pós-graduação na Argentina tem multiplicado a cada ano, segundo a Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes). Muitas são as dificuldades encontradas no Brasil e que são, praticamente, nulas na Argentina.

Um exemplo são os doutoramentos com cursos intensivos. Para quem tem problemas em conciliar os estudos com a vida profissional, essa é a chance. Esses programas de doutorado na Argentina permitem que as disciplinas sejam feitas em período de férias sem atropelar as demais atividades no Brasil.

Para ingressar em um programa de doutorado na Argentina, o candidato deve apresentar a documentação que qualquer instituição de ensino exige, submetendo-se o candidato à análise de currículo, questionário ou entrevistas com o coordenador do curso. Fazer um doutorado no país vizinho custa em torno de 15 mil reais – sem contar as passagens aéreas, hospedagem e alimentação, que ficam por conta do estudante.

Doutorado na Argentina é reconhecido no Brasil

O brasileiro que retorna do doutorado na Argentina para o Brasil é obrigado a entrar com processo legal em alguma universidade brasileira para validar o diploma de doutor. Segundo a Capes, o recém doutor deve entrar em contato com um programa brasileiro de pós-graduação semelhante ao cursado na Argentina e entregar os documentos necessários para reconhecer o diploma. Os documentos básicos para dar entrada no processo são:

  • grade curricular
  • ementas das disciplinas
  • comprovante de presença nas disciplinas
  • histórico escolar
  • diploma
  • tese
  • ata de tese da dissertação

Todos os documentos acima, e os demais que são pedidos exclusivamente por cada instituição, devem ser homologados na Embaixada do Brasil na Argentina. O processo de validação do diploma de doutorado realizado no exterior tem previsão de resultado em seis meses. Algumas universidades brasileiras cobram taxas, por isso, vale pesquisar muito.

Universidades que ofertam doutorado na Argentina

Há uma grande procura de pós-graduação em Direito na Argentina por parte dos brasileiros. Mas a diversidade de cursos de doutorado em outras áreas na Argentina é também alta. E isso faz com que haja até três vezes mais doutorandos brasileiros lá do que no próprio Brasil. Na Argentina, é possível fazer doutorado regular (até 4 anos) ou intensivo durante as férias em universidades reconhecidas internacionalmente e com excelente histórico de ensino.

Os custos dos cursos intensivos de doutorado chegam a ser mais baratos e são realizados em convênios com instituições brasileiras. Essas instituições cuidam de todo o processo administrativo do doutorado, do começo ao fim do curso.

Para saber quais instituições brasileiras estão conveniadas, basta acessar o site da universidade argentina pretendida, onde há informações sobre as possibilidades de convênios e de assessoria do início ao fim da especialização.

Algumas das universidades argentinas que oferecem doutorado e podem ser o caminho certo para brasileiros apostarem são:

Universidad del Museo Social Argentino,
Universidad Católica da Argentina
Universidad de Buenos Aires
Universidad John F. Kennedy
Universidad Nacional de La Plata
Universidad de Ciencias Empresariales Y Sociales
Instituto Italiano Italiano de Rosario
Universidad Catolica de Santa Fé
Universidad Nacional de Córdoba

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *