Como cadastrar currículo lattes

O currículo pode ser considerado um portfólio, onde é sintetizada a formação e a experiência profissional, com devidas competências e habilidades, do indivíduo. Para quem está na universidade, há um segundo formato de currículo que diz respeito basicamente à experiência acadêmica do estudante, compilando trabalhos científicos, projetos e temas de interesse: é o chamado currículo lattes baseado na plataforma lattes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A plataforma lattes integra, em um único sistema, dados de currículos, de grupos de pesquisas e de instituições com o objetivo de planejar e gerir políticas por parte de orgão governamentais.

Já o currículo lattes funciona como um registro padrão de atividades acadêmicas e profissionais realizadas por estudantes e pesquisadores brasileiros. Universidades, instituições e centros de pesquisas utilizam para avaliação de professores, pesquisadores e estudantes, mas ele também é utilizado para obtenção de bolsas de estudos para projetos de pesquisa.

Para cadastrar o currículo na plataforma lattes, siga os passos abaixo!

1 – Acesse o site http://www.cnpq.br

2 – Clique na opção “Plataforma Lattes”

lattes1

3 – Clique em “Cadastrar-se”

lattes2

4 – Insira os dados solicitados, nacionalidade, e-mail e senha, e confirme.

lattes3

5 – Você será direcionado para uma página onde deverá preencher dados atualizados.

O preenchimento do currículo lattes requer tempo, portanto, inicie isso assim que tiver disposição para que nada interfira o processo. Não há nada mais chato do que, tempos depois, perceber que seu lattes está incompleto. Uma dica é você reunir todos os seus certificados acadêmicos ao lado do computador, de modo que tudo esteja às mãos e você não seja surpreendido pela procrastinação.

Algumas informações solicitadas pela plataforma são consideradas complexas, entretanto, aqui vão algumas dicas do que é essencial para a inclusão de dados.

Qual informação inserir no lattes?

1 – Antes de preencher suas informações acadêmicas, explore a ferramenta. É importante conhecê-la e saber o que, de fato, ela exige de informações.

2 – No item de “Apresentação”, se você não inserir um texto de autoria própria, o sistema irá gerar a partir das informações inseridas ao longo do cadastro. A sugestão é que você resuma sua experiência profissional e acadêmica, em texto corrido e e em poucas linhas, indicando temas de seu interesse de estudo.

3 – Em “Formação Acadêmica”, insira os níveis de titulação com datas corretas e mencione seus trabalhos de conclusão. Caso ainda não tenha se formado, mencione qual trabalho de conclusão de curso está em andamento.

4 – Siga para “Experiência Profissional”, e descreva suas atividades anteriores e correntes, caso haja, além das responsabilidades em cada cargo.

5 – No tópico “Linhas de Pesquisa”, destaque linhas de interesse acadêmico e detalhe da sua atuação acadêmica. Não poupe detalhes aqui.

6 – Em “Prêmios e Títulos”, informe desde aqueles conquistados quanto aqueles indicados, mesmo menção honrosa. Insira prêmio de iniciação científica que foram premiados, destaques em feiras etc.

7 – O item “Orientações em Andamento” sugere que o pesquisador insira apenas aquelas que estão em andamento, e não as concluídas.

8 – Antes de finalizar seu currículo lattes, revise todos os itens e veja se o português está correto e os dados também.

Sempre que surgir um novo evento no seu histórico acadêmico, trate de atualizar rápido o seu lattes, assim evita de acumular informações ou perdê-las.

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *